(31) 3462-4093
(31) 98254-7476
(37) 99827-7334
Informações

FIQUE ATENTO!

WhatsApp%20Image%202017-06-23%20at%2010_

As redes de proteção para janelas e varandas têm como objetivo primordial a segurança contra a queda de crianças, mas também são úteis para animais domésticos e objetos quaisquer. Transmitem tranquilidade, principalmente para quem mora em apartamentos, além de oferecer uma estética ímpar, adequando-se perfeitamente à fachada de seu prédio ou casa.

No entanto, é preciso lembrar que as redes têm vida útil, e que necessitam de uma vistoria periódica, que deve ser feita por empresas e profissionais especializados.

Mesmo utilizando materiais de primeira linha e oferecendo a garantia de segurança, recomenda-se uma primeira vistoria após dois anos da instalação, e as outras periodicamente uma vez por ano, a fim de avaliar as condições do local e do material utilizado.

Agentes externos e condições climáticas como chuvas e exposição ao calor do sol sugerem que essas revisões sejam feitas impreterivelmente dentro desses prazos. No Brasil, não há normas que garantam e avaliem as redes e a instalação delas, mas o Inmetro já solicitou à Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) a avaliação do desempenho da rede em si, e outra para avaliar sua instalação, ainda em processo de aprovação.

Se você já tem redes instaladas, fique atento aos detalhes, como os ganchos enferrujados e as redes sem brilho.

Esses são sinais claros de desgaste que requerem uma avaliação imediata do material e de sua possível substituição. Mas, mesmo com a tranquilidade que a rede de proteção proporciona, é necessário ter cuidados extras para manter as crianças em segurança. Um deles é deixá-las longe das redes, sem cadeiras, sofás ou outros móveis por perto, além de mantê-las longe de utensílios cortantes. Elas podem subir para perto das redes. Então, ensiná-las desde pequenas que o local oferece perigo é essencial. 

 

RECOMENDAÇÕES QUANTO AO INSTALADOR DA REDE DE PROTEÇÃO

Estes pequenos detalhes demonstram o quanto a empresa está organizada e preparada para atender com qualidade este mercado.

  1. Prefira empresas de redes de proteção constituídas formalmente que tenham CNPJ e uma razão social dentro da área de atuação. Alguns clientes preferem ir até o local onde a empresa se encontra para avaliar estas e outras características e ver se a empresa "realmente existe".
  2. Consiga referências da empresa instaladora de redes de proteção (prestador de serviços).
  3.  Exija nota fiscal. A nota fiscal é a garantia do serviço e da procedência da rede.
  4. Atenção: não existem no mercado, empresas de instalação de redes de proteção (prestador de serviços) que sejam fabricantes da própria rede.

Só assim você poderá exigir a garantia de segurança que precisa.